foradocasulo

…………………………………………………

Livro: Família de Alta Performance

Oi, comprei este livro…acho que meu chefe anda fazendo lavagem cerebral em mim!!!! Vou ler e depois conto o que achei. Bjo

livro

Deixe um comentário »

Vale do Sol, Serra Negra

Continuando com o projeto fora do casulo, neste último feriado resolvemos viajar para um hotel com bastante espaço externo e onde o Enzo pudesse curtir bastante, mesmo não estando aquele super calor de verão que gostamos. Lembrei de quando era adolescente, que viajava com minha família e reservei um chalé no Vale do Sol, em Serra Negra. O valor do pacote para nós três estava bem atrativo, além do fato de ficar a uma hora e pouquinho daqui. Viagem rápida era tudo que eu queria no momento.

Como Maridão e eu não gostamos de fazer as coisas na correria, afinal, a viagem é para descanso e não para encararmos como mais uma obrigação, deixamos para arrumar tudo na quinta pela manhã e partimos logo depois do almoço (quer dizer, bem depois do almoço..rs). A viagem foi tranquila, com filhote dormindo quase todo o trajeto. Eu nem precisei tomar dramin, olha a evolução! Chegamos por volta das 5 da tarde e logo na entrada Enzito pediu para irmos ao campo de futebol. Fizemos o check in e logo partimos para um dos campos e lá ficamos brincando até escurecer.

Na primeira noite ali me deu um certo arrependimento, pois o chalé é mega simples, o chuveiro, com pouca água, não esquentava da maneira como eu preciso e, para finalizar, o jantar era bem basicão, comida simples, que toda criança come, mas sem nem um tiquinho de glamour que eu esperava. Enfim, comemos e seguimos para um espaço Kids bem legal para os pequenos. O dia seguinte não começou muito bem pro nosso lado também, já que o café se encerra as 9h30 e fomos em um horário que todos resolveram ir, então ficou meio muvucado e, de novo, café basicão sem muito luxo.

Mas resolvi relaxar pois o lugar é enorme e cheio de atividades para os pequenos. Como nosso plano era fazer uma viagem para relaxar e para que Enzito pudesse se divertir muiiiito, foi isso que fizemos. E neste quesito não tenho do que reclamar, filhote se divertiu na cidade das crianças, na cidade dos gigantes, com os tios da recreação (não desgrudamos dele apesar de ter recreação a partir de 3 anos), no espaço Kids, na torre do sol, etc. Ficou tão cansado, mas tão cansado que a noite nem se aguentava de pé. Dormiu cedo e nós também.

No sábado fomos dar um passeio no centro de Serra Negra e enquanto mamãe olhava as lojinhas, filhote e Maridão foram dar uma volta de Jardineira pela cidade. Eles acabaram o passeio e fomos direto para o almoço do hotel. A tarde foi toda dedicada ao Enzo e suas brincadeiras. E no domingo, mais um pouquinho de futebol e área!!! Nem almoçamos por lá, deixamos para almoçar aqui em casa, uma comidinha de um restaurante italiano que fica aqui perto e pelo menos fiquei mais feliz!!! ´(eu e minhas gordices). A ideia inicial era almoçar na cidade, no Duo Fratelli, mas saímos cedo e não quisemos esperar.

Todas as noites tem um ou dois personagens na entrada do restaurante para fotos com a criançada e por não como os adultos também. Mas Enzito ficou com medo de todos eles e não tirou nenhuma. No sábado a noite teve festa junina e todas as noites tem algo diferente como cinema, bingo, brincadeiras, etc. Outra atividade que brilhou os olhos de filhote foi a piscina aquecida, são 3 cobertas. Posso dizer que esta viagem foi totalmente dedicada ao meu pequeno príncipe e se o objetivo for relaxar, ficar em um local com bastante ar puro, verde e atividades para crianças, eu recomendo. Mas se você busca um pouquinho de glamour, não vá.

Deixe um comentário »

Babay Bum

Oi pessoal, passei aqui só para dar a dica da feira que acontece semana que vem em Sampa: a Baby Bum.

É um evento legal com preços bacanas de roupas, acessórios, móveis, enfim, tudo relacionado aos pequenos.

Começa dia 16 de maio e vai até domingo, dia 19. Mais informações, clique aqui.

Um abraço!

Deixe um comentário »

Chupeta, Desfralde, Aniversário e Passeio

Wow, acho que bati meu recorde em ausência deste blog! Sinto uma falta danada de escrever, registrar o que acontece na vida do meu Jacaré. Mas esse ano deve ser o ano do meu carma (risos), chefe novo que demanda muito, MBA na reta final com direito a TCC e tudo, maridão também enrolado no trabalho, enfim…tá osso!

Semana passada tive que fazer uma viagem a trabalho e fiquei fora a semana toda. Maridão aproveitou minha ausência para fazer a troca da chupeta menor pela maior – é que comigo por aqui, cedo mais fácil ao choro do filhote. Deu tudo certo, sem grande estresse, segundo Maridão. O desfralde já está 100% para o xixi, mas no cocô ainda é feito na fralda. Mas até o momento apenas um acidente, de resto, ele pergunta se está de fralda antes de pensar em fazer o number 2.

Devido ao ano “carmático” resolvemos investir no buffet infantil para a festa, assim, fico só com a preocupação de montar o script para a retrospectiva e lembrancinhas. Coisas que preciso correr para fazer, pois estou em cima da hora. O tema da retrospectiva será variado, com cenas de A Era do Gelo, Shrek, entre outros. Da festa, tinha fechado Bob Sponja, mas talvez peça para mudar, já que a cada semana o Enzo pede algo diferente e nunca é o Bob.

Voltando ao foco inicial de quando criei o blog, registrar nossos passeios, domingo fomos a um lugar legal que quero registrar e compartilhar: Sítio Sassafraz. O lugar tem esse nome devido a uma árvore chamada Sassafraz que tem por lá e serve para saborizar a pinga com suas folhas. O lugar é pequeno, mas é point para motoqueiros e famílias em geral. Por ser lotado, pegamos uma senha e fomos passear um pouco, ver as galinhas, os cavalos, cabritos, pomar e logo fomos chamados. Recomendo ir antes das 10h ou depois das 11h, para fugir do pico.

O café da manhã é daqueles completos, com frutas, sucos, queijos, bolos, broas, ovos mexidos, pães e até polenta e linguiça caseira. Vai das 8 as 12h. O lugar é agradável, gente simpática e muito child friendly (como diria Patrícia do Coisas de Mãe). Enzo não quis comer muito, porque antes de entrarmos deram suco e pão de queijo para ele, e a empolgação com o trator foi maior que a fome. Depois de comermos fomos fazer um passeio de trator, alimentar os cavalos e andar um pouquinho. Filhote não queria ir embora, se pudesse ficaria naquele trator o dia todo.

CAM00195

Bom, estas são as novidades do momento. Esse sítio fica em Itupeva, pertinho de Jundiaí. E para quem tiver interesse em visitar, é só clicar aqui.

Deixe um comentário »

Feriadão no Vale Suiço em MG

Em outubro um casal de amigos e nós estávamos buscando um lugar legal para passarmos o feriado de 15 de novembro. Eis que questionei outro casal de amigos, os padrinhos do Enzo, que estavam indo para Itapeva-MG, para um resort chamado Vale Suiço, que apesar de existir há mais de 20 anos eu nunca havia ouvido sobre ele. Demos uma olhada no site, gostamos e fechamos também. Tudo certo para irmos no dia 14 no final do dia e voltarmos no domingo após o almoço, previsão do tempo boa e compania melhor ainda, 4 casais (contando conosco) com filhos entre 1 e 3 anos, total de 6 crianças. Diversão garantida!!!

Chegamos todos no dia 14 a noite e tudo correu razoavelmente bem, não fosse pela notícia da morte da minha avó materna na sexta e que não fomos ao velório por estarmos muito longe e por ser muito sacrificante para o Enzo fazer o bate e volta de aproximadamente 14 horas no total, sem considerar paradinhas no meio do percurso. E também pela faringite/laringite que o pegou na própria sexta. Sábado ficamos de molho no quarto porque filhote só queria dormir, teve febre e não tinha forças para quase nada. Domingo viemos embora logo após o café da manhã. Tirando isso, percebemos que viajar com casais com outras crianças tem suas vantagens e desvantagens. Os nossos horários não batiam muito bem (despertar, soninho durante o dia, etc) ocasionando um certo desencontro e pouco tempo realmente juntos. Mas o tempo que conseguimos ficar juntos foi muito bom!

Falando um pouco do lugar…o resort é um hotel fazenda que fica nas montanhas, portanto por mais calor que faça, há sempre um vento gelado que não pode ser ignorado para as crianças menores (nosso primeiro erro nos cuidados com o filhote). A estrutura de lazer é boa, umas das melhores que já conheci; mini fazenda com cavalos, ovelha, cabras, etc para as crianças alimentarem, passeios a cavalo, lago com pedalinho, piscinas ao ar livre e cobertas e algumas delas aquecidas, sauna, discoteca, spa, uma brinquedoteca bem pensada e grande o suficiente para todos os hóspedes curtirem, de todas as idades e uma equipe de monitores bem animada cobrindo também toda faixa etária. Ah, para os esportistas tem também uma pista de corrida em volta do lago, uma parede de escalada e tirolesa, além da academia com vista para o parque aquático.

O resort conta com mais de um restaurante, mas só um estava aberto neste feriado. Os pratos são variados e muito saborosos. Para as crianças, um espaço reservado com comidinhas menos condimentadas e mesas para as refeições junto aos monitores infantis. A parte do menu kids abre 30 minutos antes do restaurante principal para os demais hóspedes. Há também copas espalhadas pelo hotel com microondas, fogão, liquidificador e geladeira com algumas frutas e leite comum, para os casais com filhos pequenos não passarem por apuros. Bar na piscina com porções variadas e bebidas, completam o serviço. Um destaque para a simpatia de todos os funcionários, mas uma falha que não posso deixar de mencionar. Na reserva pedi um berço no quarto, no check in reforcei o pedido e quando cheguei ao quarto, nada de berço. Liguei para recepção e pedi novamente… estou esperando até hoje! Por sorte a cama é bem grande e nós tínhamos levado nosso berço camping, já que o resort fica há 1 hora de São Paulo e fomos de carro. Portanto não me estressei.

O esquema é pensão completa e nem deu para sentir fome nos intervalos. Não se cobra rolha para usar o frigobar e o preço das bebidas não é nenhum absurdo, é caro, mas dentro dos padrões de alguns restaurantes de Jundiaí e São Paulo. O serviço de fotógrafos é um pouco carinho, R$ 10,00 cada foto avulsa e R$ 150,00 o CD com todas as fotos tiradas. Usei o spa para fazer as unhas da mão e pé e não gostei nada, paguei o dobro do preço e o serviço não foi nem metade da qualidade que estou acostumada, quanto as massagens não posso dizer nada, já que não fiz. Mas precisei de remédio para o Enzo e eles tem o serviço de entrega, com preço bem próximo dos praticados aqui. Há também uma lojinha com um pouquinho de tudo, biquinis, bóias, bolas, revistas, etc. Alguns itens com preço compatível e outros bem carinhos, tipo uma pasta de dente comum, R$ 10,00.

Os quartos são bem confortáveis, com uma cama de casal (acho que o tamanho é queen) e uma de solteiro, TV de LCD, ar condicinado e hidromassagem. Enzito adorou nadar na banheira todos os dias e era um chororô para sair do banho. Depois coloco uma foto dele na banheira cheia de espuma e mais algumas do hotel. Para as famílias maiores há alguns chalés bem legais também. Uma informação importante, as mesas são numeradas e depois de todos os hóspedes instalados, fica bem difícil trocar, portanto, ser for com mais casais, avise para deixá-los juntos, senão correm o risco de fazerem as refeiçõe separados.

Bom, acho que já disse tudo. As fotinhos vem depois. Fica a dica para viagem com crianças então: Vale Suíço Resort

Deixe um comentário »

1, 2, 3…..Vamos queimar as Fraldas!!!!!

Okay, okay…o título aí em cima está um pouco precipitado, ainda não dá para viver sem elas, afinal, hoje é o primeiro dia de tentativa de desfralde com o Enzo. Iniciativa da escola, tenho que confessar. E, por não ter sido uma idéia nossa, tive que começar a pesquisar sobre o tema as pressas, de última hora, afinal, quero dar andamento ao trabalho da escola para que essa transição ocorra da melhor forma possível para todas as partes.

Primeiramente conversei com a dona da escola, que também é uma das minha melhores amigas e madrinha do Enzo. Ela me explicou que na escola eles começam com um período sem fraldas, que será a tarde, depois do soninho das crianças. De manhã e a noite, elas continuam com a fralda. Depois de notarmos que no período da tarde as crianças já estão adaptadas, começamos  tirar de manhã e assim vai. De final de semana, tenho que deixá-lo o máximo possível sem fralda. Tudo que me vem a cabeça é meu sofá neste momento!

Depois parti para a leitura e vi que alguns pediatras aconselham levar as crianças todos os dias no mesmo horário para fazer cocô, mas e no meu caso em que filhote faz uns três por dia?! Talvez a solução seja levá-lo de manhã, a tarde e a noite?! Alguns indicam o uso do peniquinho, outros dizem que podemos utilizar direto o adaptador no vaso sanitário. A Dra. Pediatra em disse que o que importa é o Enzo ter onde apoiar o pé, pois com os pés balançando fica difícil fazer o cocô sossegado. Como não quero ficar limpando penicos, optei por um adaptador e um banquinho para ele colocar o pé.

Outra recomendação constante é  o pré-desfralde, isto é, ir preparando seu filhote para o dia D. Isso já estávamos fazendo sem saber, mostrando como o papai faz xixi, apresentando o adaptador de vaso, comprando cuequinhas igual do papai e com um livrinho que ganhamos de uma colega do trabalho, que mostra os bichinhos no banheiro e tem barulhinho de descarga no fim. A vendedora da loja de cuecas me indicou brincadeiras com o xixi, tipo acertar o ralo do banheiro, fazer xixi no formigueiro do jardim, essas coisas para incentivar. Ainda não sei se vou seguir essas dicas, coitadinhas das formigas!

Agora no começo escapadas vão acontecer (olha eu pensando no sofá de novo), é normal. Portanto o negócio é usar essas situações para reforçar que xixi é no banheiro, e para ele começar a conhecer o próprio corpo, saber que sensações significam sentir vontade de fazer xixi, cocô, e o que acontece se não pedir para ir ao banheiro. Claro que vou usar a técnica de perguntar de tempos em tempos se ele quer ir, observar sinais básicos como trançar as perninhas e tal. Enfim, vai ser um aprendizado para ambos. Hoje é só o primeiro dia, não sei quanto tempo vai durar e que dicas darão certo com ele ou não. Mas prometo que assim que tudo isso acabar, coloco aqui as dicas valiosas que deram certo para o Enzo.

1 Comentário »

TOP 10 Brinquedos by Enzo Ferrari

Desde que o Enzo nasceu dedico grande parte do meu tempo a pensar em festinhas, atividades e datas comemorativas para dar presentes a todas as crianças da família (de sangue e de coração). Eis que em setembro tiro férias e já quero planejar os presentes da criançada para outubro, dia 12 é Dia das Crianças e aniversário do Maridão. Tá bom, tá bom, faltam 2 meses ainda, mas quero escolher tudo com calma. Agradar a todos sem correria e estresse! Vou aproveitar esses 20 dias de setembro para pensar nisso e fazer as compritchas.

E, por começar a pensar em brinquedos, porque não se dá outra coisa a uma criança no dia dela, certo?! Gosto de olhar aquela lista que a revista Crescer faz dos melhores brinquedos por faixa etária mas no fim me baseio mesmo é nas escolhas do Enzo. É claro que ele não foi exposto a todos os brinquedos deste mundo e tem vários que ele não tem, mas sei que amaria se tivesse. Porém levo em consideração tudo que ele ganhou e o que foi mais usado por ele.

Logo nos primeiros meses de vida, ele se encantou com a estrelinha de pano que tem várias texturas e cores que por alguns meses foi o brinquedo predileto. Em seguida veio o cachorro da Fischer Price que canta, fala partes do corpo e cores. Depois veio a piscina de bolinhas e o retroprojetor da Fischer Price de tema fundo do mar com imagens e sons.

Com 1 aninho o brinquedo favorito foi o andador da marca Calesita, andador inteligente que ele ia empurrando e andando pra lá e pra cá. Segundo maridão, esse é melhor que o da Fischer pois tem um sistema que trava caso ele escorregue. Esse ele adora até hoje e chama de carro. Presente da Madrinha! Com 18 meses ele se encantou pela motoca, até hoje não sabe pedalar, mas adora ficar em cima dela para assistir desenho e para passear no condomínio com papai empurrando.

Andador Inteligente Calesita

Atualmente ele, mesmo sem ter visto o filme Carros, adora o Macqueen e o Matte. Então quer fazer todas as refeições em sua mesa e cadeira do tema. Além disso, ele está super apegado as suas massinhas do Bob Esponja, seu carrinho amarelo e moto Ninja. Mas como são brinquedos recentes, não sei se entrariam num TOP 10. Os que certamente entrariam são os DVDs da Galinha Pintadinha, Cocoricó e Patati Patatá.

Hoje o TOP 10 seria:

1)      DVD Galinha Pintadinha 1 e 2

2)      Andador Inteligente da Calesita

3)      Cachorro que fala e canta da Fischer Price

4)      Estrelinha de pano com cores e texturas

5)      DVD Patati Patatá

6)      Piscina de Bolinhas redonda inflável

7)      Motoquinha de pedal da Bandeirantes

8)      Retroprojetor fundo do mar da Fischer Price

9)      Carrinhos em geral (incluindo moto e caminhão)

10)   DVD Cocoricó

Bom, voltando ao dia das crianças, vou pegar carona no fato de que Enzo está na fase dos carrinhos e dar um de pedal para ele, do Macqueen. Acho que esse, assim como a motoca, subirão no ranking em breve. Aproveito o tema para dizer que sou totalmente contra motos e carrinhos elétricos! Crianças tem que se exercitar, brincar, gastar energia e dar brinquedos elétricos à elas acredito que as deixem preguiçosas e sedentárias. Soy contra!!!!

Deixe um comentário »

Virose

Mesmo não tendo amamentado o Enzo da maneira que gostaria (estou devendo um post sobre isso), filhote sempre foi muito saudável e resistente. Raramente fica doente e sempre tudo muito leve, thanks God! Eis que terça passada, de madrugada, acordo com um grito e choro do pequeno. Ao chegar ao quarto me deparo com ele todo vomitado, tadinho. Eu, ainda meio zonza do susto não sabia o que fazer e Maridão como sempre tomou a dianteira e já pegou o moleque, correu para o banheiro para limpá-lo com um banho relaxante de água morna. E eu fiquei com a tarefa de limpar tudo. People, na hora não teve graça, mas lembrando agora, eu parecia uma barata tonta.

É que sou muito fresca sensível com relação a isso. Passo mal de andar de carona em viagens, acompanho caso alguém passe mal do meu lado…não é porque a sujeira era do meu filho que eu iria fazer tudo como se estivesse trocando a roupa de cama normalmente né?! Bom, acho que demorei uns 30 minutos para tirar a roupa de cama, protetores de berço e colocar tudo limpinho. Mesmo sentindo tudo que estava e até o que não estava no meu estômago subir, fui brava e consegui! Afinal, imagina a cena de Maridão com a criança no chuveiro, as 2 da manhã e eu entrando no banheiro e dizendo…viu, larga ele aí e vai limpar a sujeira….no way!

Passou pela minha cabeça colocar o Enzo na minha cama, entre Maridão e eu. Assim poderíamos acompanhar o sono dele e ver se algo mais aconteceria. Mas não, colocamos ele no berço novamente e logo em seguida ele teve uma diarréia brava, mais trocas de roupas, mas desta vez não sujou o berço e eu também não sou fresca sensível quanto a isso. Eis que Jacaré me pede leitinho e eu não dei claro! Nunca se dá leite para alguém que está com estômago ruim, certo?! Peguei um suco de caixinha, misturei bastante água e dei. Ele tomou um pouco e voltou a dormir. Lá pelas 5 da manhã, mais diarréia das bravas, de sujar até o pescoço. Pediu leitinho de novo mas logo voltou a dormir. Ele estava todo molinho, oh dó!!!

As 7 da manhã liguei para a Dra. Pediatra que já me avisou que esse era um quadro de virose e que poderia dar febre ou não. Mas que ele deveria ficar em casa tomando soro via oral, remédio para o estômago e muito líquido, comidas leves, essas coisas. Enzo quis sair da cama e ao descer me pediu pão. Apesar da Dra. Pediatra ter dito para eu não dar nada, dar o remédio do estômago e só dar algo para ele comer ou beber 1 hora após o remédio, fiquei com dó do menino me pedindo comida e dei uma fatia de pão francês sem nada para ele. Foram 2 mordidas e tudo voltou pra fora daquele corpinho já magrelo. Erro meu! Porque fui desobedecer a Dra. Pediatra?

Dei o remédio e a luta foi segurar a dor no coração de ver seu filho pedindo suco, pão, uva, etc e não poder dar nada por 1 hora. Eis que passado o tempo para o remédio fazer efeito dei bolacha água e sal e soro no copinho, ele adorou e tomou tudo. Comprei o soro sabor guaraná que a Dra. Pediatra disse ser o com gosto melhorzinho. Filhote passou o dia largado no sofá vendo Bob Esponja (ela adora esse desenho chato), mas não vomitou mais. Segundo a Dra. Pediatra (que é ótima diga-se de passagem), nestes casos a primeira providência é conter os vômitos. A diarréia contorna-se depois, mas no caso do Enzo foi tudo contornado logo depois da primeira dose do remedinho (que ele tomou por 2 dias, 3x ao dia) e pelo soro. Leite, só no final do dia, quando tivemos certeza de que estômago e intestino estavam normais.

Foi nossa primeira experiência com virose infantil e o que posso tirar de ensinamento é que nunca se dá leite se o estômago estiver ruim, se tiver um vidro de soro em casa, já pode dar como suco. Vi que a validade é boa, então dá para comprar um vidro e deixar fechado em casa, assim já tem a mão se precisar. Para o instestino frutas boas são maçã e banana maçã, mas pera também pode ser dada. Como o estômago estava ruim é bom dar tudo sem casca e se possível amassadinha. Sopinhas leves feitas com legumes variados e carne, mas ao dar para a criança, tire a carne e amasse ou processe os legumes. Muito amor de mãe e pai e descanso, nada de escola.

Outra coisa que a Dra. Pediatra ensinou para quando a criança está com diarréia, mas com estômago bom, é dar leite feito com água de arroz. Você pega um xícara de arroz lavado e escorrido e coloca para cozinhar em cerca de 1 litro de água. Fique de olho e assim que o arroz estiver macio, escorra a água em um recipiente. Use esta água para fazer o leite nas mesmas proporções que está acostumada. O gosto é adocicado, bom até. Mas escorra a água logo que tirar do fogo, senão a água seca (fiz isso na primeira vez!). Se sobrar água, guarde em potes fechado na geladeira, dura 1 dia.

Ah, e minha sugestão é não colocar a criança no meio da cama de vocês, pois se ela vomitar de novo, será pior para se organizarem já que certamente se sujarão também. Aconteceu com um casal amigo meu. A Julinha estava doentinha e eles colocaram ela no meio dos dois para ficar mais fácil de acompanhar, mas no meio da noite acordaram com ela vomitando e os três ficaram todos sujos e que nem baratas tontas.

Bom é isso. Enzo está ótimo agora e passamos por mais esta! Vou me juntar ao meus dois amores e dormir um pouco, porque amanhã o dia será pesado! Boa noite!!!!

Deixe um comentário »

Sambebê no RJ

No final do ano passado descobri um projeto que simplesmente AMEI, o Sambebê. São shows de samba de boa qualidade para o público infantil. Não sou do tipo que ouve samba no carro, no ipod, ou mesmo em casa no sábado a tarde, mas gosto do estilo quando é de qualidade. E achei super interessante o projeto, apesar de não ter ido a nenhum até agora por agenda conflitante.

De qualquer forma, fica a dica para o próximo evento no Rio, dia 05 de agosto, com o Moyseis Marques. Mais informações, vá até o site do projeto, clicando aqui.

Aguardo ansiosa o próximo evento em SP. No mesmo final de semana teremos a atividade do dia dos pais na escolinha do Enzo. Será uma gincana com pais e filhos e será a primeira do Enzo. Não podemos perder! Quer dizer, eles não podem perder, porque mamãe não vai. É só para os pequenos e seus papais!!! Momento deles! Espero ver um vídeo depois.

Fica a dica!

Deixe um comentário »

Fora do Casulo: Estação Marupiara

Final de semana de feriado em São Paulo, sem planos de viagem e com esse friozinho….só nos resta buscar atividades pela região. Como na sexta tive prova do MBA e no sábado aula das 8 às 18, fiquei com o planejamento do domingo e segunda. Eis que resolvemos pesquisar restaurantes bons para irmos com crianças e, junto de um casal de amigos, definimos a cidade: Joaquim Egídio, cidadezinha gastronômica perto de Campinas.

Decidimos por um restaurante que descobrimos que havia fechado só ao chegar ao endereço. Por estarmos pertíssimo de um local já conhecido e com duas crianças, não ficamos rodando não, fomos direto para o Estação Marupiara, que é uma delícia. Apesar do frio ficamos na parte de fora por estar mais próxima ao espaço kids, que conta com alguns balanços, uma monitora e alguns brinquedos. Enzo se divertiu correndo pelo jardim e vendo os macaquinhos. Sim, os macaquinhos vem comer banana da nossa mão. Eu até deixei o medo de lado e alimentei um.

De entrada pedimos um queijinho coalho com geléia de pimenta. O prato principal foi moqueca de frutos do mar com farofa de banana e para o Enzo o menu kids foi de espaguete ao molho vermelho com tirinhas de filet. E de sobremesa uma bolinho de chocolate com recheio de baunilha e amora e calda de frutas vermelhas, para os meninos foi um café com brigadeiro de colher. Tudo muito gostoso! 

Achei que filhote nem tentaria comer a massa, porque é difícil fazê-lo comer quando há qualquer outro tipo de estímulo por perto, mas ele comeu um pouco sim. Até experimentou a fafora de banana e o arroz com molho da moqueca do prato do papai. O ambiente é rústico, colorido e percebemos o cuidado em cada detalhe. O atendimento é bom e são totalmente receptivos com as crianças. Vale a pena conhecer.

Faixada do Estação Marupiara

Das quatro vezes que visitamos o restaurante, sempre ficamos na área externa e hoje foi a primeira vez que fazia frio, mas as cortinas foram soltas, o sol firmou e o ambiente ficou mais quentinho.

Entrada pelo estacionamento e vista da áerea externa, onde ficamos

Mas na área interna tem até lareira, deve ser bem romântico a noite. Se bem que sempre gosto das áreas externas, desde que eu não morra de frio, é claro!

Mais da área externa

Se você procura um restaurante com ambiente agradável, bom atendimento, comida boa e ainda por cima, com espaço para crianças, esta é uma dica Fora do Casulo.

E amanhã é dia de morcegar em casa assistindo DVDs, brincando de blocos de montar, massinha e receber visitas de amigos queridos!

Bom Feriado!!!!!!

Deixe um comentário »