foradocasulo

…………………………………………………

Piscina com a Titia e sem a Mamãe ou Papai

Nossa!!! Está difícil administrar vida profissional, pessoal e blog. Há algumas semanas sogrinho teve um AVC e está precisando de cuidados especiais, então Maridão está dando uma força por lá. Mas o post de hoje não é sobre tempo, família, nada disso. Hoje quero falar de como é difícil deixar nossos filhos aos cuidados de alguém.

Já citei algumas vezes aqui que o Enzo vai à escolinha desde os 5 meses, pois optei por voltar a trabalhar. Mas, tirando os dias úteis em que Maridão e eu temos nossos compromissos profissionais, sempre ficamos com o pequeno. Só o deixamos com minha cunhadinha uma única noite para ir a um casamento, mas mesmo assim, ela ficou aqui em casa e saímos próximo ao horário dele dormir. Deu tudo certo!

Neste final de semana fomos ao apartamento do sogrinho para fazer o almoço de domingo e como estava um dia lindo, e cunhadinha ADORA uma piscina, logo se ofereceu para levar o Enzo ao clube, que fica há poucos quarteirões do apartamento em que estávamos. A princípio ficamos na dúvida, pois Jacaré havia acordado antes da hora e estava chatinho. Então acabamos não levando a sunga, bóia, fralda própria para o tchibum, nada, achando que seria complicado para ela administrá-lo longe de casa e ainda mais com sono.

Ao chegarmos ao apartamento notamos que Enzito não dormiria por lá e que ir ao clube seria muito mais divertido. Fiquei com um aperto no coração pensando nele sozinho lá naquela piscina olímpica da sede central. Será que iria estranhar sair sozinho mesmo que com a tia, afinal, nem papai nem mamãe estariam por perto? Será que daria o showzinho que sempre faz quando está com sono? E minha cunhadinha, será que conseguiria cuidar dele sem se desesperar no caso de um imprevisto?

Bom, resolvemos que ele iria. A vantagem de estarmos no centro da cidade é ter uma farmácia perto e aberta. Maridão comprou a fralda, protetor solar adequado e cunhadinha improvisou uma bóia que tinha por lá. Eles ficaram umas 3hs no clube e filhote voltou todo feliz e mega cansado! Confesso que fiquei apreensiva em deixá-lo sair com alguém que não tem filhos, não é especialista em crianças, mas enxerguei que era besteira minha. Afinal ela é tia, uma tia presente, que o ama e que tem muito pique para acompanhá-lo.

Mas que é difícil romper o cordão, isso é.

Anúncios
Deixe um comentário »